Formatura comemorou os 51 anos do 2º Batalhão de Polícia Militar.

22/10/2012 13:26

A sociedade Chapecoense agradece aos componentes desta unidade pelos serviços prestados, temos acompanhado de perto as operações e comfirmamos sem sombra de dúvidas a competência dos Oficiais e dos Praças que atuam na linha de frente da corporação.

Valorosos colegas de caserna que não deixam que a bandidagem tome conta da situação em nenhuma circustância.

Equipes altamente aparelhadas e aparelhagem com tecnologia de ponta, parabéns mais uma vez aos nossos heróis de farda.

 

Att: Fernando Almeida.

 

 

 

Chapecó – A redução dos índices de criminalidade é prioridade número um no 2º Batalhão de Polícia Militar, em Chapecó e consequentemente em 41 municípios da região, gerenciados pelo 2º BPM. Mas muito além deste objetivo comum às Polícias Militares do País, o comando do Batalhão de Chapecó quer a aproximação da PM com a comunidade.

Com a ideia de ‘finalizar’ sua carreira na PM no Batalhão, o tenente coronel Osvaldir Kassburg almeja mais integração entre a Polícia Militar e a comunidade. “Nosso foco também é a integração comunitária, através do retorno dos Conseg’s ainda neste ano, de ações comunitárias da Cavalaria, além de continuarmos incentivando projetos como o Conservatório de Artes Musicais (leia matéria na página 25)”, enfatizou o comandante do 2º BPM ontem, durante a comemoração dos 51 anos do Batalhão.

Homenagens

Ontem também foi um dia para homenagear quem tem ajudado a colocar em prática a os objetivos do 2º BPM aos 51 anos. Ao todo, 15 policiais militares receberam brasão de mérito pessoal e outros quatro receberam um kit policial por se destacarem no Valorização e Reconhecimento Técnico-Profissional (Valorem), sistema instituído pela Polícia Militar de Santa Catarina que analisa, de modo objetivo, a atuação e empenho do policial militar no exercício de suas funções.

O kit é composto por uma pistola calibre .40 com carregadores, munição, algemas, tonfa, spray de pimenta, colete balístico e cinto de guarnição.

História

A formatura realizada ontem à tarde também recordou a história dos 51 anos do BPM em Chapecó. O 2º Batalhão de Polícia Militar é chamado de “João Cândido Marinho”. O comandante da 4ª Região de Polícia Militar explica que o nome é em homenagem a este tenente que vivia em Chapecó. Ele ajudou a projetar a cidade, com a ajuda do coronel Ernesto Bertaso, e foi prefeito provisório da cidade em 1931.

“A PM começou ainda com os projetos deles aqui na região e começou a crescer ainda mais com a instalação do 2º BPM em 17 de outubro de 1961 em Chapecó. Toda a história do batalhão é marcante e forte”, conta o coronel Edivar Bedin.

Antes do BPM ser instalado em Chapecó, a cidade possuía a 4ª Companhia Isolada de Polícia Militar, instalada em 1951. Em 1959, Chapecó recebeu a 3ª Companhia. Ano em que foi criado o 2º BPM em Florianópolis. Dois anos depois, a sede do 2º BPM passou para Chapecó.

Apesar dos desmembramentos que sofreu ao longo dos anos, o 2º BPM continua sendo o maior batalhão do Estado, com circunscrição em 41 municípios e presta segurança na sua área através de três companhias subordinadas: 3ª Companhia com sede em Chapecó - com 18 municípios; 4ª Companhia com sede em Xanxerê - com 14 municípios; e a 5ª Companhia - São Lourenço do Oeste - nove municípios.

A sociedade Chapecoense agradece o trabalho diuturno do Segundo BPM, tenho acompanhado de perto todas as movimentações das operações daquela unidade policial.

Parabenizamos a todos os Oficiais e Praças, pois sabemos das responsabilidade de cada um no seu respectivo trabalho.

 

 

—————

Voltar


Contato

Blog de informações policiais do Brasil. Notícias internas e de atuações das forças de segurança pública do Brasil.

Rio de Janeiro.
https://www.facebook.com/pages/Blog-de-defesa-dos-policiais-do-Brasil/354746594650696


watsapp: 4896435754





Enquete

Você é a favor da PEC 300 ?

Porque ?
72%
63

O que traria de bom para a corporação ?
14%
12

Quais as vantagens para seus funcionários ?
15%
13

Total de votos: 88